Brapci 2.0
[Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação; Vol 11 No 3 (2018); 609-624]
Artigo
Bibliotecas escolares no Brasil: uma análise dos dados estatísticos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Bibliotecas escolares en Brasil: un análisis de los datos estadísticos del Instituto Nacional de Estudios e Investigaciones Educacionales – INEP

School libraries in Brazil: an analysis of statistical data from the National Institute of Educational Studies and Research - INEP

Resumo: A Lei nº 12.244/2010 determina que as escolas públicas e privadas de todos os sistemas de ensino contem com bibliotecas num prazo de dez anos. Para saber a quantidade de bibliotecas a serem criadas, considerou-se necessário analisar as estatísticas sobre bibliotecas coletadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. O objetivo deste estudo foi compreender a consistência dos dados sobre bibliotecas escolares do Censo Escolar da Educação Básica. Especificamente, buscou-se identificar o conceito de biblioteca utilizado na coleta dos dados, como os dados são coletados e como têm sido apresentados. Para tanto, utilizaram-se os seguintes documentos: Formulários, Cadernos de Instruções, Resumos Técnicos e Notas Estatísticas, cobrindo o período 2009 a 2017. Os resultados revelaram que o Censo coletou dados separados sobre bibliotecas e salas de leitura, porém, na apresentação os dois espaços não foram diferenciados. A trajetória da biblioteca nos documentos do Censo indicou um percurso irregular que se estabilizou somente a partir de 2011. No Censo, a biblioteca é um “local”, o que pressupõe que a escola conte com um espaço específico para esse fim e conta com um “profissional especializado”, o bibliotecário. Conclui-se que as inconsistências e ambiguidades constatadas na coleta e apresentação dos dados do Censo impossibilitam estimar adequadamente a quantidade de bibliotecas a serem criadas em função da exigência da Lei nº 12.244.

Palavras-chave:



Abstract: Brazilian Federal Law nº 12244 of May 24th, 2010, determines that every Brazilian public and private school of basic education must be equipped with a library. There are expectations that such Law would solve the problem of shortage of libraries in schools. The objective of the present study was to understand the nature and consistency of data on school libraries, from the School Census of Basic Education, conducted annually by the National Institute of Educational Studies and Research (INEP). Specifically, we sought to identify the library concept used in data collection, how the data is collected and how it has been presented. The methodology was the analysis of data collection instruments and documents that disclose the data, called Technical Abstracts. The results showed that the statistical data were collected irregularly over the study period (2003-2015), differing from year to year, and stabilizing from 2011. In conclusion, the inconsistencies and ambiguities observed in the collection and presentation of data make it impossible to accurately estimate the amount of school libraries to be created according on the requirement of the Law nº 12244.

Keywords:



Como citar
CAMPELLO, B. D. S.; BARBOSA, R. R.; PROENçA, S. G. Bibliotecas escolares no brasil: uma análise dos dados estatísticos do instituto nacional de estudos e pesquisas educacionais. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 11 No 3, n. 3, p. 609-624, 2018. DOI: 10.26512/rici.v11.n3.2018.10397 Acesso em: 04 ago. 2020.

Compartilhe




Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorBibliotecas escolares no Brasil: uma análise dos dados estatísticos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais
CAMPELLO, Bernadete dos Santos; BARBOSA, Ricardo Rodrigues; PROENçA, Samuel Gonçalves
Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, n. 3, v. 11 No 3, p. 609-624, 2018. (Artigo) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://periodicos.unb.br/ojs311/index.php/RICI/article/view/10397 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.26512/rici.v11.n3.2018.10397 (pt-BR) 3
TitleBibliotecas escolares no Brasil: uma análise dos dados estatísticos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (pt-BR) 3
TitleBibliotecas escolares en Brasil: un análisis de los datos estadísticos del Instituto Nacional de Estudios e Investigaciones Educacionales – INEP (es-ES) 3
TitleSchool libraries in Brazil: an analysis of statistical data from the National Institute of Educational Studies and Research - INEP (en) 3
AuthorCAMPELLO, Bernadete dos Santos (pt-BR) 1
AuthorBARBOSA, Ricardo Rodrigues (pt-BR) 1
AuthorPROENçA, Samuel Gonçalves (pt-BR) 1
Access Linkhttp://periodicos.unb.br/ojs311/index.php/RICI/article/view/10397/9637 (pt-BR) 3
IssueRevista Ibero-Americana de Ciência da Informação, n. 3, v. 11 No 3, 2018. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoRevista Ibero-Americana de Ciência da Informação (pt-BR) 1
SessãoArtigo (pt-BR) 1
Disponibilizado2018-07-19 (pt-BR) 1
hasAbstractA Lei nº 12.244/2010 determina que as escolas públicas e privadas de todos os sistemas de ensino contem com bibliotecas num prazo de dez anos. Para saber a quantidade de bibliotecas a serem criadas, considerou-se necessário analisar as estatísticas sobre bibliotecas coletadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. O objetivo deste estudo foi compreender a consistência dos dados sobre bibliotecas escolares do Censo Escolar da Educação Básica. Especificamente, buscou-se identificar o conceito de biblioteca utilizado na coleta dos dados, como os dados são coletados e como têm sido apresentados. Para tanto, utilizaram-se os seguintes documentos: Formulários, Cadernos de Instruções, Resumos Técnicos e Notas Estatísticas, cobrindo o período 2009 a 2017. Os resultados revelaram que o Censo coletou dados separados sobre bibliotecas e salas de leitura, porém, na apresentação os dois espaços não foram diferenciados. A trajetória da biblioteca nos documentos do Censo indicou um percurso irregular que se estabilizou somente a partir de 2011. No Censo, a biblioteca é um “local”, o que pressupõe que a escola conte com um espaço específico para esse fim e conta com um “profissional especializado”, o bibliotecário. Conclui-se que as inconsistências e ambiguidades constatadas na coleta e apresentação dos dados do Censo impossibilitam estimar adequadamente a quantidade de bibliotecas a serem criadas em função da exigência da Lei nº 12.244. (pt-BR) 3
hasAbstractLa Ley n. 12244, del Gobierno Federal de Brasil, de 24 de mayo de 2010, establece que las escuelas públicas y privadas de todos los sistemas de enseñanza deben ser equipados con bibliotecas. Hay expectativas de que esta Ley resuelve el problema de la escasez de las bibliotecas en las escuelas. El objetivo de este estudio fue comprender la naturaleza y la coherencia de los datos estadísticos sobre las bibliotecas escolares, a partir del Censo de Educación Básica, que se celebra anualmente por el Instituto Nacional de Estudios e Investigaciones Educacionales (INEP). En concreto, se buscó identificar el concepto de biblioteca utilizado en la recolección de los datos, como los datos se recopilan y cómo se han presentado. La metodología consistió en el análisis de los documentos de cobro y los instrumentos que revelan los datos, llamado Resúmenes Técnicos, cubriendo el período 2009 a 2017. Los resultados revelaron que el Censo recogió datos separados sobre bibliotecas y salas de lectura, pero, en la presentación dos espacios no fueron diferenciados. La trayectoria de la biblioteca en los documentos del Censo indicó un recorrido irregular que se estabilizó solamente a partir de 2011. En el Censo, la biblioteca es un "local", lo que presupone que la escuela cuente con un espacio específico para ese fin y cuenta con un " "Profesional especializado", el bibliotecario. Se concluye que las inconsistencias y ambigüedades constatadas en la recolección y presentación de los datos del Censo imposibilitan estimar adecuadamente la cantidad de bibliotecas a serem creadas en función de la exigencia de la Ley n. 12.244. (es-ES) 3
hasAbstractBrazilian Federal Law nº 12244 of May 24th, 2010, determines that every Brazilian public and private school of basic education must be equipped with a library. There are expectations that such Law would solve the problem of shortage of libraries in schools. The objective of the present study was to understand the nature and consistency of data on school libraries, from the School Census of Basic Education, conducted annually by the National Institute of Educational Studies and Research (INEP). Specifically, we sought to identify the library concept used in data collection, how the data is collected and how it has been presented. The methodology was the analysis of data collection instruments and documents that disclose the data, called Technical Abstracts. The results showed that the statistical data were collected irregularly over the study period (2003-2015), differing from year to year, and stabilizing from 2011. In conclusion, the inconsistencies and ambiguities observed in the collection and presentation of data make it impossible to accurately estimate the amount of school libraries to be created according on the requirement of the Law nº 12244. (en) 3
hasFileStorage_repository/596/2018/09/oai_ojs_pkp_sfu_ca_article_10397#00040.pdf () 1
hasIdBibliotecas escolares no Brasil: uma análise dos dados estatísticos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais
CAMPELLO, Bernadete dos Santos; BARBOSA, Ricardo Rodrigues; PROENçA, Samuel Gonçalves
Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, n. 3, v. 11 No 3, p. 609-624, 2018. (Artigo) () 3
hasPageEnd624 (pt-BR) 1
hasPageStart609 (pt-BR) 1
SourceRevista Ibero-Americana de Ciência da Informação; Vol 11 No 3 (2018); 609-624 (pt-BR) 3
SourceRevista Ibero-Americana de Ciência da Informação; v. 11 n. 3 (2018); 609-624 (pt-BR) 3
SourceRevista Ibero-Americana de Ciência da Informação; Vol. 11 Núm. 3 (2018); 609-624 (es-ES) 3
Source1983-5213 () 3
SourceDOI: 10.26512/rici.v11.n3.2018 () 3