PLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador

PLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador :: Brapci 2.0
[PontodeAcesso; v. 7, n. 2 (2013); 68-88]
Artigo
PLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador

Resumo: O modelo de governo eletrônico implantado na Prefeitura Municipal do Salvador (PMS) em 29 de março de 2009, através da Companhia de Governança Eletrônica do Salvador, demandou a aplicação das novas tecnologias, bem como a reestruturação e integração de processos, no sentido de prestar uma maior atenção na gestão do relacionamento com o cidadão e, simultaneamente, disponibilizar uma oferta de serviços on-line de forma a facilitar a comunicação e otimizar um conjunto de operações. Utiliza a tecnologia da informação como vetor do processo de transformação da gestão municipal, tendo como pressuposto o governo centrado no cidadão e na qualidade do serviço municipal, onde são exploradas as categorias de relacionamento com cidadãos (G2C), empreendedores (G2B), servidores municipais (G2E) e outras esferas de governos (G2G). A solução adotada com a Plataforma de Relacionamento com o Cidadão passou pela construção de sistema que permeiou toda a administração, cuja arquitetura está orientada a grandes serviços focados nas necessidades do cidadão e não a cada aplicação separadamente, bem como, pela construção do cadastro único do cidadão, com dados básicos, visando a identificação unívoca, a fim de possibilitar, futuramente, o relacionamento destas informações com as demais bases de dados existentes na PMS. A solução implantada reforça, por um lado, o papel das ouvidorias que deixam de ser apenas receptoras passivas de queixas e insatisfações, para transformarem-se em termômetro de satisfação e do andamento das atividades promovidas pelo município, permitindo agir no ponto específico, corrigir processos, rever procedimentos, direcionar recursos e trabalhar para a construção de uma mentalidade focada no cidadão. Por outro lado, possibilita aos gestores da PMS a realização de estudos detalhados da cidade e a avaliação de tendências no auxílio para a tomada de decisões estratégicas, com o respaldo da opinião do cidadão.

Palavras-chave: Eletrônico. CzRM. Cidade Digital. Rede Social.



Como citar
ANDRADE, M. M. G. Plataforma de relacionamento com o cidadão: solução de governança eletrônica para a prefeitura municipal do salvador. Ponto de Acesso, v. 7, n. 2, p. 68-88, 2013. DOI: 10.9771/1981-6766rpa.v7i2.4899 Acesso em: 24 ago. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorPLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador
ANDRADE, Magda Maria Guimarães de
Ponto de Acesso, n. 2, v. 7, p. 68-88, 2013. (Artigo) (pt-BR) 3
Identificadorhttps://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/4899 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.9771/1981-6766rpa.v7i2.4899 (pt-BR) 3
TítuloPLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador (pt-BR) 3
AutorANDRADE, Magda Maria Guimarães de (pt-BR) 1
Link de acessohttps://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/4899/6133 (pt-BR) 3
EdiçãoPonto de Acesso, n. 2, v. 7, 2013. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoPonto de Acesso (pt-BR) 1
SessãoArtigo (pt-BR) 1
Disponibilizado2013-09-11 (pt-BR) 1
hasAbstractO modelo de governo eletrônico implantado na Prefeitura Municipal do Salvador (PMS) em 29 de março de 2009, através da Companhia de Governança Eletrônica do Salvador, demandou a aplicação das novas tecnologias, bem como a reestruturação e integração de processos, no sentido de prestar uma maior atenção na gestão do relacionamento com o cidadão e, simultaneamente, disponibilizar uma oferta de serviços on-line de forma a facilitar a comunicação e otimizar um conjunto de operações. Utiliza a tecnologia da informação como vetor do processo de transformação da gestão municipal, tendo como pressuposto o governo centrado no cidadão e na qualidade do serviço municipal, onde são exploradas as categorias de relacionamento com cidadãos (G2C), empreendedores (G2B), servidores municipais (G2E) e outras esferas de governos (G2G). A solução adotada com a Plataforma de Relacionamento com o Cidadão passou pela construção de sistema que permeiou toda a administração, cuja arquitetura está orientada a grandes serviços focados nas necessidades do cidadão e não a cada aplicação separadamente, bem como, pela construção do cadastro único do cidadão, com dados básicos, visando a identificação unívoca, a fim de possibilitar, futuramente, o relacionamento destas informações com as demais bases de dados existentes na PMS. A solução implantada reforça, por um lado, o papel das ouvidorias que deixam de ser apenas receptoras passivas de queixas e insatisfações, para transformarem-se em termômetro de satisfação e do andamento das atividades promovidas pelo município, permitindo agir no ponto específico, corrigir processos, rever procedimentos, direcionar recursos e trabalhar para a construção de uma mentalidade focada no cidadão. Por outro lado, possibilita aos gestores da PMS a realização de estudos detalhados da cidade e a avaliação de tendências no auxílio para a tomada de decisões estratégicas, com o respaldo da opinião do cidadão. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/733/2018/09/oai_ojs_portalseer_ufba_br_article_4899#00055.pdf () 1
hasIdPLATAFORMA DE RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO: Solução de Governança Eletrônica para a Prefeitura Municipal do Salvador
ANDRADE, Magda Maria Guimarães de
Ponto de Acesso, n. 2, v. 7, p. 68-88, 2013. (Artigo) () 3
hasPageEnd88 (pt-BR) 1
hasPageStart68 (pt-BR) 1
SourcePontodeAcesso; v. 7, n. 2 (2013); 68-88 (pt-BR) 3
Source1981-6766 (pt-BR) 3
TemaEletrônico (pt-BR) 1
TemaCzRM (pt-BR) 1
TemaCidade Digital (pt-BR) 1
TemaRede Social (pt-BR) 1