Concepts of unpublished and original papers: use and implications in science communication :: Brapci 2.0
[DataGramaZero, v. 13, n. 6, 2012, p. A02.]
Artigo Científico
Conceitos de inédito e original: uso e implicações na comunicação científica

Concepts of unpublished and original papers: use and implications in science communication

Resumo: Mudanças ambientais proporcionadas pelas tecnologias de informação e de comunicação aceleram a produção e o fluxo informacional no ambiente da comunicação científica. Suscitam discussões em torno de concepções vigentes nas normas de artigos de revistas científicas em qualquer área, em especial, no que se refere aos termos – inédito e original – como exigência para aprovação de escritos enviados para avaliação. Diante da disparidade de procedimentos editoriais no momento de aceitação de textos já disponíveis em repositórios institucionais, em bibliotecas digitais de teses e dissertações, ou, ainda, apresentados em eventos científicos, divulgados em diferentes suportes e no caso da edição de traduções, objetivamos analisar as possíveis mudanças conceituais dos termos citados e suas implicações na comunicação científica. Para tanto, selecionamos os campos de ciência da informação e museologia. Mediante o cruzamento de duas listas de revistas, produzidas respectivamente por Tomaél e Café e Borges (2011) e Santos (2011), chegamos ao total de 67 títulos para análise das normas de publicação, com ênfase para o uso das palavras inédito e original. Os resultados, em geral, apontam falta de uniformidade e de coerência, e desatualização em relação às tendências atuais, a exemplo do Movimento do Acesso Aberto, dos repositórios, das bases de dados de teses e dissertações, da expansão de eventos, da variedade de suportes agora disponíveis e da maior circulação de traduções. Apresentam-se, ao final, proposições.

Palavras-chave: Comunicação Científica. Revista Científica. Conceito de Inédito. Conceito de Original. Ineditismo. Originalidade.



Abstract: Environmental changes afforded by the technologies of information and communication accelerate the production and the information flow in the environment of scientific communication. The changes raise discussions on the standards concepts of the author guidelines in the scientific journal in any area, in particular with regard to the terms – unpublished and original – as a requirement for approval of writings submitted for evaluation. Because of the disparity of editorial procedures at the time of acceptance (or not) of texts already available in institutional repositories, digital libraries of theses and dissertations, or even presented at scientific meetings, or published in different media, and also in the case of translations, the article analyzes the possible conceptual changes of the two terms (unpublished and original) and their implications on scientific communication. To this end, we selected the fields of information science and museology. Through the comparison of two lists of scientific journals produced respectively by Tomaél and Café and Borges (2011) and Santos (2011), we reached the total of 67 titles to analyze the author guidelines, with emphasis on the use of words unpublished and original. In general, the results indicate lack of uniformity and consistency, and outdated compared to current trends, such as the Open Access Movement, repositories, databases of theses and dissertations, expansion event, the variety of supports now available and the largest circulation of translations. At the end, we present propositions.

Keywords: Scientific Communication. Journals. Concept of Unpublished Papers. Concept of Original Papers. Originality.



Como citar
GARCIA, J. C. R.; TARGINO, M. G. Conceitos de inédito e original: uso e implicações na comunicação científica. DataGramaZero, v. 13, n. 6, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/7953>. Acesso em: 26 jun. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorConceitos de inédito e original: uso e implicações na comunicação científica
GARCIA, Joana Coeli Ribeiro; TARGINO, Maria das Graças
DataGramaZero, n. 6, v. 13, 2012. (Artigo Científico) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://www.brapci.inf.br/index.php/article/view/0000014533 (pt-BR) 3
TítuloConceitos de inédito e original: uso e implicações na comunicação científica (pt-BR) 3
TítuloConcepts of unpublished and original papers: use and implications in science communication (en) 3
AutorGARCIA, Joana Coeli Ribeiro (pt-BR) 1
AutorTARGINO, Maria das Graças (pt-BR) 1
Link de acessohttp://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/50768 (pt-BR) 3
Link de acessoPDF:_repositorio/2017/03/pdf_4edd03eff2_0000014533.pdf (pt-BR) 3
Link de acessoURL:http://www.dgz.org.br/dez12/Art_02.htm (pt-BR) 3
EdiçãoDataGramaZero, n. 6, v. 13, 2012. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoDataGramaZero (pt-BR) 1
SessãoArtigo Científico (pt-BR) 1
Disponibilizado2012-01-01 (pt-BR) 1
hasAbstractMudanças ambientais proporcionadas pelas tecnologias de informação e de comunicação aceleram a produção e o fluxo informacional no ambiente da comunicação científica. Suscitam discussões em torno de concepções vigentes nas normas de artigos de revistas científicas em qualquer área, em especial, no que se refere aos termos – inédito e original – como exigência para aprovação de escritos enviados para avaliação. Diante da disparidade de procedimentos editoriais no momento de aceitação de textos já disponíveis em repositórios institucionais, em bibliotecas digitais de teses e dissertações, ou, ainda, apresentados em eventos científicos, divulgados em diferentes suportes e no caso da edição de traduções, objetivamos analisar as possíveis mudanças conceituais dos termos citados e suas implicações na comunicação científica. Para tanto, selecionamos os campos de ciência da informação e museologia. Mediante o cruzamento de duas listas de revistas, produzidas respectivamente por Tomaél e Café e Borges (2011) e Santos (2011), chegamos ao total de 67 títulos para análise das normas de publicação, com ênfase para o uso das palavras inédito e original. Os resultados, em geral, apontam falta de uniformidade e de coerência, e desatualização em relação às tendências atuais, a exemplo do Movimento do Acesso Aberto, dos repositórios, das bases de dados de teses e dissertações, da expansão de eventos, da variedade de suportes agora disponíveis e da maior circulação de traduções. Apresentam-se, ao final, proposições. (pt-BR) 3
hasAbstractEnvironmental changes afforded by the technologies of information and communication accelerate the production and the information flow in the environment of scientific communication. The changes raise discussions on the standards concepts of the author guidelines in the scientific journal in any area, in particular with regard to the terms – unpublished and original – as a requirement for approval of writings submitted for evaluation. Because of the disparity of editorial procedures at the time of acceptance (or not) of texts already available in institutional repositories, digital libraries of theses and dissertations, or even presented at scientific meetings, or published in different media, and also in the case of translations, the article analyzes the possible conceptual changes of the two terms (unpublished and original) and their implications on scientific communication. To this end, we selected the fields of information science and museology. Through the comparison of two lists of scientific journals produced respectively by Tomaél and Café and Borges (2011) and Santos (2011), we reached the total of 67 titles to analyze the author guidelines, with emphasis on the use of words unpublished and original. In general, the results indicate lack of uniformity and consistency, and outdated compared to current trends, such as the Open Access Movement, repositories, databases of theses and dissertations, expansion event, the variety of supports now available and the largest circulation of translations. At the end, we present propositions. (en) 3
hasFileStorage_repository/434/2018/09/oai_brapci_inf_br_article_14533#00026.pdf () 1
hasIdConceitos de inédito e original: uso e implicações na comunicação científica
GARCIA, Joana Coeli Ribeiro; TARGINO, Maria das Graças
DataGramaZero, n. 6, v. 13, 2012. (Artigo Científico) () 3
SourceDataGramaZero, v. 13, n. 6, 2012, p. A02. (pt-BR) 3
TemaComunicação Científica (pt-BR) 1
TemaRevista Científica (pt-BR) 1
TemaConceito de Inédito (pt-BR) 1
TemaConceito de Original (pt-BR) 1
TemaIneditismo (pt-BR) 1
TemaOriginalidade (pt-BR) 1
TemaScientific Communication (en) 1
TemaJournals (en) 1
TemaConcept of Unpublished Papers (en) 1
TemaConcept of Original Papers (en) 1
TemaOriginality (en) 1