Renaissance: A new conception of the world through a new look at nature

Renaissance: A new conception of the world through a new look at nature :: Brapci 2.0
[DataGramaZero, v. 13, n. 1, 2012, p. A01.]
Artigo Científico
Renascimento: Uma nova concepção de mundo através de um novo olhar para a natureza

Renaissance: A new conception of the world through a new look at nature

Resumo: A Europa foi revitalizada, nos últimos séculos da idade média, pelo reaquecimento do comércio, pelas cruzadas e pela agitação da vida urbana. A transição do feudalismo para o capitalismo, juntamente com os sistemas de conhecimento associados à sua emergência, foram paulatinamente, modificando valores, ideias, necessidades artísticas e culturais da sociedade européia, tornando aguda a separação entre sociedade e natureza. Mais confiante em suas próprias forças o homem moderno deixou de olhar tanto para o alto, em busca de Deus, passando a prestar mais atenção em si mesmo. Esse fato deu início a um processo desencadeado na Itália entre os séculos XIV e XVI, denominado Renascimento. Esse novo posicionamento do homem diante de si mesmo e do mundo, associado a retomada das ideias clássicas greco-romanas, ao choque com o mundo medieval e com os dogmas da Igreja Católica, levam a transformações nas criações artísticas, literárias e científicas. O renascimento proporciona o desenvolvimento do racionalismo, a explicação do mundo através de verdades estabelecidas pela razão, e permite que seja desenvolvido a observação experimental para descobrir as leis que regem a natureza. O objetivo do presente texto é demonstrar como essa nova forma de enxergar a natureza influiu na vida social e científica desse período, iniciando o rompimento de um paradigma científico para o estabelecimento de outro, através da teoria heliocêntrica de Copérnico. No renascimento cultural o naturalismo veio à tona nas concepções artísticas, aprofundando os estudos matemáticos e a técnica da perspectiva que dá profundidade aos desenhos, deixando-os mais próximos da realidade.

Palavras-chave: Renascimento. Natureza. Transformação. Humanismo. Racionalismo. Ciência.



Abstract: Europe has been revitalized in the last centuries of the Middle Ages, by trade reheating, the Crusades and the bustle of the city life. The transition from feudalism to capitalism, brings together with the knowledge systems associated with its emergence, have been gradually changing values, ideas, artistic and cultural needs of European society, making evident the separation between society and nature. More confident in their own forces modern man has ceased to look at the top, searching God, begining to pay more attention to himself. This fact initiated a process started in Italy between the fourteenth and sixteenth centuries, called the Renaissance. This new positioning of the man in front of himself and the world, coupled with the resumption of classical Greco-Roman ideas, the clash with the medieval world and to the dogma of the Catholic Church, lead to changes in artistic creations, literary and scientific. The Renaissance provides the development of rationalism, the explanation of the world through the truths established by reason, is developed and allows experimental observation to discover the laws that govern nature. The purpose of this paper is to demonstrate how this new way of viewing nature influenced the social and scientific life of this period, initiating the breakup of a scientific paradigm for the establishment of another, through the heliocentric theory of Copernicus. In the cultural renaissance naturalism came to light in artistic concepts, deepening the mathematical studies and technical perspective that adds depth to the designs, making them closer to reality.

Keywords: Renaissance. Nature. Conversion. Humanism. Rationalism. Science.



Como citar
GODINHO, R. S. Renascimento: uma nova concepção de mundo através de um novo olhar para a natureza. DataGramaZero, v. 13, n. 1, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/7588>. Acesso em: 19 set. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorRenascimento: Uma nova concepção de mundo através de um novo olhar para a natureza
GODINHO, Rosemary de Sampaio
DataGramaZero, n. 1, v. 13, 2012. (Artigo Científico) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://www.brapci.inf.br/index.php/article/view/0000011716 (pt-BR) 3
TítuloRenascimento: Uma nova concepção de mundo através de um novo olhar para a natureza (pt-BR) 3
TítuloRenaissance: A new conception of the world through a new look at nature (en) 3
AutorGODINHO, Rosemary de Sampaio (pt-BR) 1
Link de acessohttp://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/50755 (pt-BR) 3
Link de acessoPDF:_repositorio/2017/03/pdf_54ac0dd083_0000011716.pdf (pt-BR) 3
Link de acessoURL:http://dgz.org.br/fev12/Art_01.htm (pt-BR) 3
EdiçãoDataGramaZero, n. 1, v. 13, 2012. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoDataGramaZero (pt-BR) 1
SessãoArtigo Científico (pt-BR) 1
Disponibilizado2012-01-01 (pt-BR) 1
hasAbstractA Europa foi revitalizada, nos últimos séculos da idade média, pelo reaquecimento do comércio, pelas cruzadas e pela agitação da vida urbana. A transição do feudalismo para o capitalismo, juntamente com os sistemas de conhecimento associados à sua emergência, foram paulatinamente, modificando valores, ideias, necessidades artísticas e culturais da sociedade européia, tornando aguda a separação entre sociedade e natureza. Mais confiante em suas próprias forças o homem moderno deixou de olhar tanto para o alto, em busca de Deus, passando a prestar mais atenção em si mesmo. Esse fato deu início a um processo desencadeado na Itália entre os séculos XIV e XVI, denominado Renascimento. Esse novo posicionamento do homem diante de si mesmo e do mundo, associado a retomada das ideias clássicas greco-romanas, ao choque com o mundo medieval e com os dogmas da Igreja Católica, levam a transformações nas criações artísticas, literárias e científicas. O renascimento proporciona o desenvolvimento do racionalismo, a explicação do mundo através de verdades estabelecidas pela razão, e permite que seja desenvolvido a observação experimental para descobrir as leis que regem a natureza. O objetivo do presente texto é demonstrar como essa nova forma de enxergar a natureza influiu na vida social e científica desse período, iniciando o rompimento de um paradigma científico para o estabelecimento de outro, através da teoria heliocêntrica de Copérnico. No renascimento cultural o naturalismo veio à tona nas concepções artísticas, aprofundando os estudos matemáticos e a técnica da perspectiva que dá profundidade aos desenhos, deixando-os mais próximos da realidade. (pt-BR) 3
hasAbstractEurope has been revitalized in the last centuries of the Middle Ages, by trade reheating, the Crusades and the bustle of the city life. The transition from feudalism to capitalism, brings together with the knowledge systems associated with its emergence, have been gradually changing values, ideas, artistic and cultural needs of European society, making evident the separation between society and nature. More confident in their own forces modern man has ceased to look at the top, searching God, begining to pay more attention to himself. This fact initiated a process started in Italy between the fourteenth and sixteenth centuries, called the Renaissance. This new positioning of the man in front of himself and the world, coupled with the resumption of classical Greco-Roman ideas, the clash with the medieval world and to the dogma of the Catholic Church, lead to changes in artistic creations, literary and scientific. The Renaissance provides the development of rationalism, the explanation of the world through the truths established by reason, is developed and allows experimental observation to discover the laws that govern nature. The purpose of this paper is to demonstrate how this new way of viewing nature influenced the social and scientific life of this period, initiating the breakup of a scientific paradigm for the establishment of another, through the heliocentric theory of Copernicus. In the cultural renaissance naturalism came to light in artistic concepts, deepening the mathematical studies and technical perspective that adds depth to the designs, making them closer to reality. (en) 3
hasFileStorage_repository/434/2018/09/oai_brapci_inf_br_article_11716#00026.pdf () 1
hasIdRenascimento: Uma nova concepção de mundo através de um novo olhar para a natureza
GODINHO, Rosemary de Sampaio
DataGramaZero, n. 1, v. 13, 2012. (Artigo Científico) () 3
SourceDataGramaZero, v. 13, n. 1, 2012, p. A01. (pt-BR) 3
TemaRenascimento (pt-BR) 1
TemaNatureza (pt-BR) 1
TemaTransformação (pt-BR) 1
TemaHumanismo (pt-BR) 1
TemaRacionalismo (pt-BR) 1
TemaCiência (pt-BR) 1
TemaRenaissance (en) 1
TemaNature (en) 1
TemaConversion (en) 1
TemaHumanism (en) 1
TemaRationalism (en) 1
TemaScience (en) 1