Fomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional

Fomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional :: Brapci 2.0
[Revista Conhecimento em Ação; Vol 1, No. 2, Jul-Dez (2016); 98]
Relato de Pesquisa
Fomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional

Resumo: O sistema de fomento à pesquisa remonta ao final da Segunda Guerra Mundial em que se evidencia a necessidade de promover pesquisas cientificas no mundo, contexto no qual são criadas no Brasil as agências de fomento nacionais. O objetivo deste artigo é analisar as condições atuais e as dificuldades da área de Defesa Nacional no que diz respeito ao financiamento de pesquisas pelos órgãos de fomento nacionais e sua inserção nas políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação brasileiras, tendo em vista o seu processo de formalização e institucionalização como área do conhecimento. Para tanto contextualiza o campo acadêmico-científico da Defesa Nacional, segundo conceito de Pierre Bourdieu. Trata-se de uma pesquisa exploratória em que foram utilizados alguns procedimentos metodológicos como a busca na literatura e em documentos da área, a fim de evidenciar dados, fatos e resultados que permitissem uma análise mais detalhada da situação. Conclui que a institucionalização do campo acadêmico-científico da Defesa no Brasil ainda é um universo a ser conquistado, já que se trata de uma área em construção epistêmica. Contudo, há necessidade de se realizar contínuos investimentos públicos e privados. Ao comprovar sua natureza e constituição, e demonstrar seu potencial de crescimento, cria-se condições para sua institucionalização como campo, área ou subárea de conhecimento.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Comunicação Científica. Geração de Conhecimento. Fomento à Pesquisa. Defesa Nacional. Campo Científico. área de Conhecimento.



Como citar
BARRADAS, J. S. Fomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de defesa nacional. Revista Conhecimento em Ação, v. 1, n. 2, p. 98, 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/71125>. Acesso em: 15 set. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorFomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional
BARRADAS, Jaqueline Santos
Revista Conhecimento em Ação, n. 2, v. 1, p. 98, 2016. (Relato de Pesquisa) (pt-BR) 3
Identificadorhttps://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/75 (pt-BR) 3
TítuloFomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional (pt-BR) 3
AutorBARRADAS, Jaqueline Santos (pt-BR) 1
Link de acessohttps://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/75/7151 (pt-BR) 3
EdiçãoRevista Conhecimento em Ação, n. 2, v. 1, 2016. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoRevista Conhecimento em Ação (pt-BR) 1
SessãoRelato de Pesquisa (pt-BR) 1
Disponibilizado2017-03-19 (pt-BR) 1
hasAbstractO sistema de fomento à pesquisa remonta ao final da Segunda Guerra Mundial em que se evidencia a necessidade de promover pesquisas cientificas no mundo, contexto no qual são criadas no Brasil as agências de fomento nacionais. O objetivo deste artigo é analisar as condições atuais e as dificuldades da área de Defesa Nacional no que diz respeito ao financiamento de pesquisas pelos órgãos de fomento nacionais e sua inserção nas políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação brasileiras, tendo em vista o seu processo de formalização e institucionalização como área do conhecimento. Para tanto contextualiza o campo acadêmico-científico da Defesa Nacional, segundo conceito de Pierre Bourdieu. Trata-se de uma pesquisa exploratória em que foram utilizados alguns procedimentos metodológicos como a busca na literatura e em documentos da área, a fim de evidenciar dados, fatos e resultados que permitissem uma análise mais detalhada da situação. Conclui que a institucionalização do campo acadêmico-científico da Defesa no Brasil ainda é um universo a ser conquistado, já que se trata de uma área em construção epistêmica. Contudo, há necessidade de se realizar contínuos investimentos públicos e privados. Ao comprovar sua natureza e constituição, e demonstrar seu potencial de crescimento, cria-se condições para sua institucionalização como campo, área ou subárea de conhecimento. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/751/2018/09/oai_www_revistas_ufrj_br_article_7342#00057.pdf () 1
hasIdFomento à pesquisa e conhecimento em ação: uma análise da área de Defesa Nacional
BARRADAS, Jaqueline Santos
Revista Conhecimento em Ação, n. 2, v. 1, p. 98, 2016. (Relato de Pesquisa) () 3
hasPageStart98 (pt-BR) 1
SourceRevista Conhecimento em Ação; Vol 1, No. 2, Jul-Dez (2016); 98 (pt-BR) 3
Source2525-7935 (pt-BR) 3
TemaCiência da Informação (pt-BR) 1
TemaComunicação Científica (pt-BR) 1
TemaGeração de Conhecimento (pt-BR) 1
TemaFomento à Pesquisa (pt-BR) 1
TemaDefesa Nacional (pt-BR) 1
TemaCampo Científico (pt-BR) 1
Temaárea de Conhecimento (pt-BR) 1