A memória social registrada no Facebook

A memória social registrada no Facebook :: Brapci 2.0
[Revista Conhecimento em Ação; Vol 1, No. 1, Jan-Jun (2016)]
Relato de Pesquisa
A memória social registrada no Facebook

Resumo: Este artigo aborda a questão da memória registrada através das redes sociais, tendo enfoque no Facebook. Utiliza como metodologia uma revisão bibliográfica através de artigos, livros, anais de eventos e sites que abordam o conceito de memória e de redes sociais, buscando assim compreender a possível relação existente entre os dois termos e verificar como o Facebook tem contribuído com o armazenamento das informações pessoais dos indivíduos. Objetiva-se verificar como o processo de guarda da memória de uma sociedade vem sendo empregada no âmbito digital. Assim, será possível depreender como o Facebook integrou-se a vida social dos indivíduos e quais são as vantagens e desvantagens do armazenamento de informações pessoais disponibilizadas através da web. Conclui que as redes sociais online podem ser consideradas grandes repositórios da memória social, pois a mesma além de registrar, armazenar e recuperar as informações, também tem proporcionado a possibilidade de atuar diretamente nas recordações que constituem a memória da nossa sociedade.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Biblioteconomia. Memória. Rede Social. Facebook.



Como citar
SILVA, I. C. O. A memória social registrada no facebook. Revista Conhecimento em Ação, v. 1, n. 1, 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/71079>. Acesso em: 16 out. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorA memória social registrada no Facebook
SILVA, Ilaydiany Cristina Oliveira da
Revista Conhecimento em Ação, n. 1, v. 1, 2016. (Relato de Pesquisa) (pt-BR) 3
Identificadorhttps://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/2879 (pt-BR) 3
TítuloA memória social registrada no Facebook (pt-BR) 3
AutorSILVA, Ilaydiany Cristina Oliveira da (pt-BR) 1
Link de acessohttps://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/2879/2789 (pt-BR) 3
EdiçãoRevista Conhecimento em Ação, n. 1, v. 1, 2016. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoRevista Conhecimento em Ação (pt-BR) 1
SessãoRelato de Pesquisa (pt-BR) 1
Disponibilizado2016-08-08 (pt-BR) 1
hasAbstractEste artigo aborda a questão da memória registrada através das redes sociais, tendo enfoque no Facebook. Utiliza como metodologia uma revisão bibliográfica através de artigos, livros, anais de eventos e sites que abordam o conceito de memória e de redes sociais, buscando assim compreender a possível relação existente entre os dois termos e verificar como o Facebook tem contribuído com o armazenamento das informações pessoais dos indivíduos. Objetiva-se verificar como o processo de guarda da memória de uma sociedade vem sendo empregada no âmbito digital. Assim, será possível depreender como o Facebook integrou-se a vida social dos indivíduos e quais são as vantagens e desvantagens do armazenamento de informações pessoais disponibilizadas através da web. Conclui que as redes sociais online podem ser consideradas grandes repositórios da memória social, pois a mesma além de registrar, armazenar e recuperar as informações, também tem proporcionado a possibilidade de atuar diretamente nas recordações que constituem a memória da nossa sociedade. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/751/2018/09/oai_www_revistas_ufrj_br_article_2879#00057.pdf () 1
hasIdA memória social registrada no Facebook
SILVA, Ilaydiany Cristina Oliveira da
Revista Conhecimento em Ação, n. 1, v. 1, 2016. (Relato de Pesquisa) () 3
SourceRevista Conhecimento em Ação; Vol 1, No. 1, Jan-Jun (2016) (pt-BR) 3
Source2525-7935 (pt-BR) 3
TemaCiência da Informação (pt-BR) 1
TemaBiblioteconomia (pt-BR) 1
TemaMemória (pt-BR) 1
TemaRede Social (pt-BR) 1
TemaFacebook (pt-BR) 1