Condutas do fator humano: alicerce da Segurança da Informação :: Brapci 2.0
[Múltiplos Olhares em Ciência da Informação - ISSN 2237-6658; v. 3, n. 2 (2013)]
Gt 6
Condutas do fator humano: alicerce da Segurança da Informação

Resumo: Discorre os meandros do fator humano e suas principais fragilidades no campo da segurança da informação. Aborda questões que colaboram quanto à proteção da informação e sua salvo conduta no decorrer de todo o processo até o receptor. Cita o comportamento gestor nestas unidades de informação e suas nuances internas às situações de riscos. Apresenta índices das mais recentes pesquisas no campo de segurança empresarial aos seus bancos de dados confidenciais e os níveis que mostram eficácia, referentes à proteção da informação no âmbito tecnológico, quanto a possíveis ameaças nas empresas e como deve ser eliminadas. Comenta situações baseados em casos reais, como a rede social Facebook, um das redes sociais mais conhecidas na atualidade e de como esse império social se desenvolveu no quesito segurança. Aponta os caminhos do sucesso e a genialidade de Steve Jobs, quanto a sua forma de gerenciamento da Apple, além dos cuidados básicos que possam colaborar e/ou evitar situações de risco numa corporação. Objetivou-se neste trabalho abordar variadas situações de risco eminente vivenciados pela sociedade atual no que concerne a temática da Segurança da Informação de forma a delinear um quadro geral do problema envolvendo o aspecto humano. Utiliza como metodologia a pesquisa online bibliográfica e de periódicos relevantes, fazendo citações pertinentes ao desenvolvimento do artigo. Conclui que, como em outras áreas profissionais que carrega em si uma estrutura mercadológica, é fundamental estar atento as novidades de mercado quanto à segurança e suas possíveis consequências em fatores de risco em tempos atuais.

Palavras-chave: Fator Humano. Rede Social. Situação de Risco.



Como citar
ALCOFORADO, A. C. D. G.; RIBEIRO, E. C.; CUNHA, J. A. Condutas do fator humano: alicerce da segurança da informação. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, v. 3, n. 2, 2013. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/67657>. Acesso em: 27 jun. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorCondutas do fator humano: alicerce da Segurança da Informação
ALCOFORADO, Acilégna Cristina Duarte Guedes; RIBEIRO, Emerson da Cruz; CUNHA, Jacqueline de Araujo
Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, n. 2, v. 3, 2013. (Gt 6) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/article/view/2157 (pt-BR) 3
TítuloCondutas do fator humano: alicerce da Segurança da Informação (pt-BR) 3
AutorALCOFORADO, Acilégna Cristina Duarte Guedes (pt-BR) 1
AutorRIBEIRO, Emerson da Cruz (pt-BR) 1
AutorCUNHA, Jacqueline de Araujo (pt-BR) 1
Link de acessohttp://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/article/view/2157/1346 (pt-BR) 3
EdiçãoMúltiplos Olhares em Ciência da Informação, n. 2, v. 3, 2013. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoMúltiplos Olhares em Ciência da Informação (pt-BR) 1
SessãoGt 6 (pt-BR) 1
Disponibilizado2014-06-11 (pt-BR) 1
hasAbstractDiscorre os meandros do fator humano e suas principais fragilidades no campo da segurança da informação. Aborda questões que colaboram quanto à proteção da informação e sua salvo conduta no decorrer de todo o processo até o receptor. Cita o comportamento gestor nestas unidades de informação e suas nuances internas às situações de riscos. Apresenta índices das mais recentes pesquisas no campo de segurança empresarial aos seus bancos de dados confidenciais e os níveis que mostram eficácia, referentes à proteção da informação no âmbito tecnológico, quanto a possíveis ameaças nas empresas e como deve ser eliminadas. Comenta situações baseados em casos reais, como a rede social Facebook, um das redes sociais mais conhecidas na atualidade e de como esse império social se desenvolveu no quesito segurança. Aponta os caminhos do sucesso e a genialidade de Steve Jobs, quanto a sua forma de gerenciamento da Apple, além dos cuidados básicos que possam colaborar e/ou evitar situações de risco numa corporação. Objetivou-se neste trabalho abordar variadas situações de risco eminente vivenciados pela sociedade atual no que concerne a temática da Segurança da Informação de forma a delinear um quadro geral do problema envolvendo o aspecto humano. Utiliza como metodologia a pesquisa online bibliográfica e de periódicos relevantes, fazendo citações pertinentes ao desenvolvimento do artigo. Conclui que, como em outras áreas profissionais que carrega em si uma estrutura mercadológica, é fundamental estar atento as novidades de mercado quanto à segurança e suas possíveis consequências em fatores de risco em tempos atuais. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/710/2018/09/oai_ojs_testes_eci_ufmg_br_article_2157#00053.pdf () 1
hasIdCondutas do fator humano: alicerce da Segurança da Informação
ALCOFORADO, Acilégna Cristina Duarte Guedes; RIBEIRO, Emerson da Cruz; CUNHA, Jacqueline de Araujo
Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, n. 2, v. 3, 2013. (Gt 6) () 3
SourceMúltiplos Olhares em Ciência da Informação - ISSN 2237-6658; v. 3, n. 2 (2013) (pt-BR) 3
Source2237-6658 (pt-BR) 3
TemaFator Humano (pt-BR) 1
TemaRede Social (pt-BR) 1
TemaSituação de Risco (pt-BR) 1