Análise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação

Análise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação :: Brapci 2.0
[Ciência da Informação; v. 30, n. 1 (2001)]
Artigo
Análise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação

Resumo: Discute-se sobre a aplicação da metodologia de análise de redes sociais nos estudos do fluxo e transferência da informação, a partir da apresentação dos resultados de pesquisa desenvolvida junto a movimentos sociais organizados nos subúrbios da Leopoldina, na cidade do Rio de Janeiro. Para estudar os fluxos de informação e as estruturas de comunicação de grupos delimitados, procurou-se perceber como as informações circulam e são empregadas como recurso nas lutas por melhores condições de vida. Foram aplicadas algumas medidas da metodologia de análise de redes sociais, combinadas com instrumentos da metodologia qualitativa. Conclui-se que, tal como apontou a análise de redes, alguns personagens são responsáveis pela dinamização das redes, ocupando posições estratégicas, que lhes garantem, inclusive, o reconhecimento dos demais agentes. Além disso, percebe-se que no interior dessas redes, na constante tensão entre as diferenças que ela comporta, formam-se “redes de conhecimentos”, que alimentam e redefinem constantemente as ações.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Rede Social. Movimento Social. Informação. Comunicação. Conhecimento.



Como citar
MARTELETO, R. Análise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação. Ciência da Informação, v. 30, n. 1, 2001. DOI: 10.18225/ci.inf..v30i1.940 Acesso em: 24 ago. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorAnálise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação
MARTELETO, Regina
Ciência da Informação, n. 1, v. 30, 2001. (Artigo) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/ciinf/article/view/940 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18225/ci.inf..v30i1.940 (pt-BR) 3
TítuloAnálise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação (pt-BR) 3
AutorMARTELETO, Regina (pt-BR) 1
Link de acessohttp://revista.ibict.br/ciinf/article/view/940/977 (pt-BR) 3
EdiçãoCiência da Informação, n. 1, v. 30, 2001. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoCiência da Informação (pt-BR) 1
SessãoArtigo (pt-BR) 1
Disponibilizado2001-06-12 (pt-BR) 1
hasAbstractDiscute-se sobre a aplicação da metodologia de análise de redes sociais nos estudos do fluxo e transferência da informação, a partir da apresentação dos resultados de pesquisa desenvolvida junto a movimentos sociais organizados nos subúrbios da Leopoldina, na cidade do Rio de Janeiro. Para estudar os fluxos de informação e as estruturas de comunicação de grupos delimitados, procurou-se perceber como as informações circulam e são empregadas como recurso nas lutas por melhores condições de vida. Foram aplicadas algumas medidas da metodologia de análise de redes sociais, combinadas com instrumentos da metodologia qualitativa. Conclui-se que, tal como apontou a análise de redes, alguns personagens são responsáveis pela dinamização das redes, ocupando posições estratégicas, que lhes garantem, inclusive, o reconhecimento dos demais agentes. Além disso, percebe-se que no interior dessas redes, na constante tensão entre as diferenças que ela comporta, formam-se “redes de conhecimentos”, que alimentam e redefinem constantemente as ações. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/146/2018/09/oai_ojs_revista_ibict_br_article_940#00010.pdf () 1
hasIdAnálise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação
MARTELETO, Regina
Ciência da Informação, n. 1, v. 30, 2001. (Artigo) () 3
SourceCiência da Informação; v. 30, n. 1 (2001) (pt-BR) 3
Source0100-1965 (pt-BR) 3
Source1518-8353 () 3
TemaCiência da Informação (pt-BR) 1
TemaRede Social (pt-BR) 1
TemaMovimento Social (pt-BR) 1
TemaInformação (pt-BR) 1
TemaComunicação (pt-BR) 1
TemaConhecimento (pt-BR) 1