FOLKSONOMIA: análise de etiquetagem de imagens da National Geographic Brasil no Instagram :: Brapci 2.0
[Informação & Informação; v. 23, n. 3 (2018); 342-361]
Artigo
FOLKSONOMIA: análise de etiquetagem de imagens da National Geographic Brasil no Instagram

Resumo: Introdução: Esse trabalho analisa as práticas folksonômicas adotadas no acervo de imagens fotográficas da National Geographic Brasil, disponível na rede social Instagram. Objetivo: O objetivo desse estudo foi verificar em que medida as categorias de análise documentária de imagens fotográficas propostas por Manini (2002) são ou não contempladas no corpus de pesquisa. Metodologia: Estudo descritivo e exploratório de abordagem qualitativa. Uma análise documental foi realizada nas 299 etiquetas atribuídas às 38 imagens pelos usuários, resultando em uma classificação das etiquetas de acordo com as categorias de análise de imagens fotográficas propostas por Manini (2002). Resultados: As categorias mais presentes no corpus foram Quem/O que genérico (presente em 23 imagens), Onde genérico (presente em 21 imagens) e Sobre (presente em 14 imagens). Identificou-se também a presença de etiquetas que não se enquadraram nas categorias previamente estabelecidas, que poderiam ser classificadas como de autoria e afetividade. Conclusões: A folksonomia adotada no acervo de imagens fotográficas da National Geographic Brasil, disponível na rede social Instagram, apresenta pluralidade e alguma preferência pelas três categorias supramencionadas dentro do quadro referencial de análise de imagens proposta por Manini (2002). Adicionalmente, dois tipos de etiquetas que extrapolam as categorias pré-estabelecidas foram encontrados: autoria e afetividade.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Folksonomia. Análise Documentária. Imagem. Rede Social.



Como citar
BARBOSA, F.; KREBS, L. M.; SOUSA, R. S. C. Folksonomia: análise de etiquetagem de imagens da national geographic brasil no instagram. Informação & Informação, v. 23, n. 3, p. 342-361, 2018. DOI: 10.5433/1981-8920.2018v23n3p342 Acesso em: 27 jun. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorFOLKSONOMIA: análise de etiquetagem de imagens da National Geographic Brasil no Instagram
BARBOSA, Fernanda; KREBS, Luciana Monteiro; SOUSA, Rodrigo Silva Caxias de
Informação & Informação, n. 3, v. 23, p. 342-361, 2018. (Artigo) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/31990 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.5433/1981-8920.2018v23n3p342 (pt-BR) 3
TítuloFOLKSONOMIA: análise de etiquetagem de imagens da National Geographic Brasil no Instagram (pt-BR) 3
AutorBARBOSA, Fernanda (pt-BR) 1
AutorKREBS, Luciana Monteiro (pt-BR) 1
AutorSOUSA, Rodrigo Silva Caxias de (pt-BR) 1
Link de acessohttp://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/31990/pdf (pt-BR) 3
EdiçãoInformação & Informação, n. 3, v. 23, 2018. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoInformação & Informação (pt-BR) 1
SessãoArtigo (pt-BR) 1
Disponibilizado2018-12-27 (pt-BR) 1
hasAbstractIntrodução: Esse trabalho analisa as práticas folksonômicas adotadas no acervo de imagens fotográficas da National Geographic Brasil, disponível na rede social Instagram. Objetivo: O objetivo desse estudo foi verificar em que medida as categorias de análise documentária de imagens fotográficas propostas por Manini (2002) são ou não contempladas no corpus de pesquisa. Metodologia: Estudo descritivo e exploratório de abordagem qualitativa. Uma análise documental foi realizada nas 299 etiquetas atribuídas às 38 imagens pelos usuários, resultando em uma classificação das etiquetas de acordo com as categorias de análise de imagens fotográficas propostas por Manini (2002). Resultados: As categorias mais presentes no corpus foram Quem/O que genérico (presente em 23 imagens), Onde genérico (presente em 21 imagens) e Sobre (presente em 14 imagens). Identificou-se também a presença de etiquetas que não se enquadraram nas categorias previamente estabelecidas, que poderiam ser classificadas como de autoria e afetividade. Conclusões: A folksonomia adotada no acervo de imagens fotográficas da National Geographic Brasil, disponível na rede social Instagram, apresenta pluralidade e alguma preferência pelas três categorias supramencionadas dentro do quadro referencial de análise de imagens proposta por Manini (2002). Adicionalmente, dois tipos de etiquetas que extrapolam as categorias pré-estabelecidas foram encontrados: autoria e afetividade. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/335/2019/01/oai_ojs_www_uel_br_article_31990#00020.pdf () 1
hasIdFOLKSONOMIA: análise de etiquetagem de imagens da National Geographic Brasil no Instagram
BARBOSA, Fernanda; KREBS, Luciana Monteiro; SOUSA, Rodrigo Silva Caxias de
Informação & Informação, n. 3, v. 23, p. 342-361, 2018. (Artigo) () 3
hasPageEnd361 (pt-BR) 1
hasPageStart342 (pt-BR) 1
SourceInformação & Informação; v. 23, n. 3 (2018); 342-361 (pt-BR) 3
Source1981-8920 (pt-BR) 3
TemaCiência da Informação (pt-BR) 1
TemaFolksonomia (pt-BR) 1
TemaAnálise Documentária (pt-BR) 1
TemaImagem (pt-BR) 1
TemaRede Social (pt-BR) 1
TemaInstagram (en) 1