A CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE.

A CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE. :: Brapci 2.0
[XIX ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XIX ENANCIB); XIX ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XIX ENANCIB)]
Gt-3 – Mediação, Circulação e Apropriação da Informação - Comunicação Oral
A CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE.

Resumo: Identificar como se constroem as formas de informação, comunicação e a apropriação de conhecimentos pelos pacientes com diagnóstico de câncer-matriculados na clínica de cabeça e pescoço do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva / INCA- e suas redes sociais, na perspectiva de que tais recursos são fundamentais para lidar com as mudanças e necessidades impostas pela situação de adoecimento. O referencial teórico foi baseado nos conceitos de redes sociais e narrativa e suas aplicações em pesquisas nas áreas de informação e saúde verifica-se que as redes de relações sociais são construídas e reconstruídas ao longo da vida, a partir de um movimento em que organizam informação e conhecimento voltados para fornecer apoio e suporte diante da situação de adoecimento.Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, pautado na metodologia de história oral de vida, utilizando como apoio teórico os conceitos de narrativa e redes sociais. Foram realizadas 3 entrevistas com pacientes em estágios diferentes de tratamento. O processo de informação e comunicação que se configura nas redes sociais dos pacientes é fundamental na construção de estratégias de suporte e proteção social ao longo do tratamento. Esse conhecimento potencializa a interlocução entre políticas públicas, tendo em vista a possibilidade de participação e apliação de direitos.

Palavras-chave: Rede Social. Informação e Comunicação em Saúde. Usuário e Uso da Informação. Câncer.



Como citar
RIBEIRO, F. F.; MARTELETO, R. A configuração das redes sociais de pessoas com câncer:um olhar sob o prisma da informação e comunicação em saúde.. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/102682>. Acesso em: 24 ago. 2019.

Compartilhe
propriedadevalor
DescritorA CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE.
RIBEIRO, Fabiana Felix; MARTELETO, Regina
Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. (Gt-3 – Mediação, Circulação e Apropriação da Informação - Comunicação Oral) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://enancib.marilia.unesp.br/index.php/XIXENANCIB/xixenancib/paper/view/1167 (pt-BR) 3
TítuloA CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE. (0) 3
AutorRIBEIRO, Fabiana Felix (pt-BR) 1
AutorMARTELETO, Regina (pt-BR) 1
EdiçãoEncontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoEncontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (pt-BR) 1
SessãoGt-3 – Mediação, Circulação e Apropriação da Informação - Comunicação Oral (pt-BR) 1
Disponibilizado2018-09-14 14:40:17 (pt-BR) 1
hasAbstractIdentificar como se constroem as formas de informação, comunicação e a apropriação de conhecimentos pelos pacientes com diagnóstico de câncer-matriculados na clínica de cabeça e pescoço do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva / INCA- e suas redes sociais, na perspectiva de que tais recursos são fundamentais para lidar com as mudanças e necessidades impostas pela situação de adoecimento. O referencial teórico foi baseado nos conceitos de redes sociais e narrativa e suas aplicações em pesquisas nas áreas de informação e saúde verifica-se que as redes de relações sociais são construídas e reconstruídas ao longo da vida, a partir de um movimento em que organizam informação e conhecimento voltados para fornecer apoio e suporte diante da situação de adoecimento.Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, pautado na metodologia de história oral de vida, utilizando como apoio teórico os conceitos de narrativa e redes sociais. Foram realizadas 3 entrevistas com pacientes em estágios diferentes de tratamento. O processo de informação e comunicação que se configura nas redes sociais dos pacientes é fundamental na construção de estratégias de suporte e proteção social ao longo do tratamento. Esse conhecimento potencializa a interlocução entre políticas públicas, tendo em vista a possibilidade de participação e apliação de direitos. (pt-BR) 3
hasIdA CONFIGURAÇÃO DAS REDES SOCIAIS DE PESSOAS COM CÂNCER:UM OLHAR SOB O PRISMA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE.
RIBEIRO, Fabiana Felix; MARTELETO, Regina
Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. (Gt-3 – Mediação, Circulação e Apropriação da Informação - Comunicação Oral) () 3
SourceXIX ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XIX ENANCIB); XIX ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XIX ENANCIB) (pt-BR) 3
TemaRede Social (pt-BR) 1
TemaInformação e Comunicação em Saúde (pt-BR) 1
TemaUsuário e Uso da Informação (pt-BR) 1
TemaCâncer (pt-BR) 1