BIBLIOTECAS PÚBLICAS PORTUGUESAS 2.0: resultados de um estudo :: Brapci ::
Processando busca...

Páginas a&b - arquivos e bibliotecas

v. , n.4, 2015

Artigo científico
BDOI: brapci:a0000028638
DOI: empty

BIBLIOTECAS PÚBLICAS PORTUGUESAS 2.0: resultados de um estudo

LIMA, Claudia Raquel.; MARCIAL, Viviana Fernández.; ALVELOS, Heitor.

No presente artigo, é apresentado um estudo da utilização de tecnologias web 2.0 pelas bibliotecas públicas portuguesas1. Para o efeito, foi feita uma prospeção estruturante à escala nacional que consistiu, numa primeira fase, realizada em 2012, na identificação de plataformas web utilizadas pelas bibliotecas públicas através do método de observação direta; e, numa segunda fase, em 2013, na realização de um inquérito enviado para todas as bibliotecas públicas portuguesas identificadas no portal da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB). Este estudo, faseado em dois momentos distintos, permitiu identificar plataformas web utilizadas, designadamente tecnologias web 2.0, e ações de comunicação desenvolvidas neste contexto, analisar a evolução da utilização destas plataformas registada entre 2012 e 2013, identificar os principais fatores que determinam a utilização ou não utilização de um conjunto de tecnologias web 2.0, bem como vantagens e desvantagens sentidas na sua utilização.Palavras-chave: Biblioteca 2.0; Biblioteca pública portuguesa; Investigação empírica



Como citar este artigo
LIMA, C. R.; MARCIAL, V. F. N.; ALVELOS, H. Bibliotecas públicas portuguesas 2.0: resultados de um estudo. Páginas a&b - arquivos e bibliotecas, n. 4, 2015.


Referências

field ## content
022 ## |a 0873-5670 |l 0873-5670
022 ## |a 2183-6671 |l 0873-5670
100 1_ |a LIMA, Claudia Raquel.
245 10 |a BIBLIOTECAS PÚBLICAS PORTUGUESAS 2.0: resultados de um estudo |6 idioma pt-PT
300 10 |a v. , n. 4, 2015
520 3# |a No presente artigo, é apresentado um estudo da utilização de tecnologias web 2.0 pelas bibliotecas públicas portuguesas1. Para o efeito, foi feita uma prospeção estruturante à escala nacional que consistiu, numa primeira fase, realizada em 2012, na identificação de plataformas web utilizadas pelas bibliotecas públicas através do método de observação direta; e, numa segunda fase, em 2013, na realização de um inquérito enviado para todas as bibliotecas públicas portuguesas identificadas no portal da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB). Este estudo, faseado em dois momentos distintos, permitiu identificar plataformas web utilizadas, designadamente tecnologias web 2.0, e ações de comunicação desenvolvidas neste contexto, analisar a evolução da utilização destas plataformas registada entre 2012 e 2013, identificar os principais fatores que determinam a utilização ou não utilização de um conjunto de tecnologias web 2.0, bem como vantagens e desvantagens sentidas na sua utilização.Palavras-chave: Biblioteca 2.0; Biblioteca pública portuguesa; Investigação empírica |6 idioma pt-PT
700 1_ |a MARCIAL, Viviana Fernández.
700 1_ |a ALVELOS, Heitor.
773 0# |a Porto (Portugal) |t Páginas a&b - arquivos e bibliotecas |x 0873-5670
856 4# |u http://www.brapci.inf.br/index.php/main/download/61571/5130ed7bb4b4f9c5ebca12f1d7e73ba3
856 4# |u http://ojs.letras.up.pt/index.php/paginasaeb/article/view/999
BRAPCI - Base de Dados em Ciência da Informação
Acervo de Publicações Brasileiras em Ciência da Informação
Universidade Federal do Paraná
Versão 3.1A beta | 2017
brapcici@gmail.com | renefgj@gmail.com




session: 43067e06ef