MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO E MÚLTIPLAS LINGUAGENS :: Brapci ::
Processando busca...

Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia

v. 5, n.1, 2010

Resenha
BDOI: brapci:a0000026524
DOI: empty

MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO E MÚLTIPLAS LINGUAGENS

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de.

Resumo
O projeto de pesquisa Mediação da Informação e Múltiplas Linguagens, ainda não concluído, possibilita, no momento, a veiculação de resultados parciais. Entre eles, destacam-se a própria conceituação de mediação da informação – mesmo que de forma embrionária –; a distinção entre mediação implícita e explícita – oriunda da concepção de que a mediação da informação envolve e determina todo o fazer do profissional da informação –; a presença, no conceito, da concepção de interferência e de apropriação; a idéia de mediação pré-questão e pós-questão; a concepção de informação como efêmera, dependente do sujeito – embora interferindo sobre ele –, fluida e causadora de inquietações e de dúvidas; com base nessa concepção de informação, o trabalho do profissional da informação tem como essência uma quaseinformação ou, como passamos a denominá-la, proto-informação; e a proposta de direcionarmos nossas discussões sobre a mediação da informação como objeto da área da Ciência da Informação. link para o texto completo: http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/17/39
Palavras-chave:


Como citar este artigo
ALMEIDA JÚNIOR, O. F. MediaçÃo da informaçÃo e múltiplas linguagens. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, v. 5, n. 1, 2010.


Referências

field ## content
022 ## |a 1981-0695 |l 1981-0695
100 1_ |a ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de.
245 10 |a MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO E MÚLTIPLAS LINGUAGENS |6 idioma Português
300 10 |a v. 5, n. 1, 2010
520 3# |a O projeto de pesquisa Mediação da Informação e Múltiplas Linguagens, ainda não concluído, possibilita, no momento, a veiculação de resultados parciais. Entre eles, destacam-se a própria conceituação de mediação da informação – mesmo que de forma embrionária –; a distinção entre mediação implícita e explícita – oriunda da concepção de que a mediação da informação envolve e determina todo o fazer do profissional da informação –; a presença, no conceito, da concepção de interferência e de apropriação; a idéia de mediação pré-questão e pós-questão; a concepção de informação como efêmera, dependente do sujeito – embora interferindo sobre ele –, fluida e causadora de inquietações e de dúvidas; com base nessa concepção de informação, o trabalho do profissional da informação tem como essência uma quaseinformação ou, como passamos a denominá-la, proto-informação; e a proposta de direcionarmos nossas discussões sobre a mediação da informação como objeto da área da Ciência da Informação. link para o texto completo: http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/17/39 |6 idioma Português
520 3# |a |6 idioma Inglês
773 0# |a João Pessoa |t Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia |x 1981-0695
856 4# |u http://periodicos.ufpb.br/index.php/pbcib/article/view/11990
BRAPCI - Base de Dados em Ciência da Informação
Acervo de Publicações Brasileiras em Ciência da Informação
Universidade Federal do Paraná
Versão 3.1A beta | 2017
brapcici@gmail.com | renefgj@gmail.com




session: 7ae8dd4a77